Você está no site do SINDSUZANO FEHOESP 360 Clique aqui para acessar o portal FEHOESP 360

Notícias

Projeto heCos é apresentado a hospitais

Projeto heCos é apresentado a hospitais

03/09/2014
Ferramenta foi demonstrada durante workshop sobre gestão de custos

A FEHOESP promoveu, no dia 28 de agosto, o workshop "Como viabilizar a gestão estratégica de custos", no auditório do SINDHOSP, capital paulista.

O evento teve como objetivo esclarecer dúvidas e apresentar aspectos que cercam a gestão de custos nas organizações de saúde, contando com a presença de 18 representantes de estabelecimentos ligados aos sindicatos filiados à Federação.

A condução do workshop ficou a cargo de Afonso José de Matos, diretor-presidente da Planisa, que destacou, entre outros pontos, a relação entre informações de custos e formulação de preços. "A informação de custos é necessária para a formulação de preços. Existe hoje uma desordenação de preços nos serviços porque não foram formulados com base nos custos", disse.

O programa também abordou outros temas, como análise do cenário econômico e perspectivas de gestão, conceitos e terminologias de custos, abordagens de custeio, técnicas de gestão sob a orientação do custo direto e viabilidade econômica.

Ferramenta de custos   
   
Após o workshop sobre Gestão de Custos, foi apresentada aos hospitais presentes a ferramenta heCos (Health Costs Manager), fruto da parceria entre FEHOESP e Planisa.

A solução para gerenciamento de custos está disponível aos associados e contribuintes dos sindicatos filiados à Federação, e promete gerar informações para as tomadas de decisão dos gestores, como formulação de preços e negociações com planos de saúde, por exemplo.

"É uma solução para pequenos e médios hospitais, de fácil operação, pois entendemos que este segmento carece muito de formação", afirmou Afonso José de Matos, da Planisa. Ele também destacou que a iniciativa possibilitará às entidades participantes fazerem parte de um grupo de hospitais, criando uma rede de Benchmarking e troca de experiências.

Podem aderir ao heCos estabelecimentos associados ou contribuintes do SINDHOSP, SINDRIBEIRÃO, SINDHOSPRU, SINDMOGIDASCRUZES, SINDSUZANO e SINDJUNDIAÍ. Serão formados grupos de no mínimo 20 organizações, que atuam como hospitais, casas de repouso, casas de saúde, clínicas especializadas ou serviços de diagnósticos.

Para saber mais sobre o projeto, clique aqui.



Fonte: Comunicação FEHOESP