Você está no site do SINDMOGI FEHOESP 360 Clique aqui para acessar o portal FEHOESP 360

Notícias

Recursos humanos e envelhecimento são temas no Congresso de Laboratórios

Recursos humanos e envelhecimento são temas no Congresso de Laboratórios

22/05/2014
Dentro da programação dos Congressos Brasileiros de Gestão em Saúde 2014, O IEPAS promoveu, no dia 22 de maio, a 8ª edição do Congresso Brasileiro de Gestão em Laboratórios Clínicos. O evento foi realizado durante a Feira Hospitalar, no Expo Center Norte, capital paulista.

Abrindo os trabalhos, falaram o presidente da FENAESS, Humberto Gomes de Melo; a presidente da SBPC/ML, Paula Távora; Irineu Grinberg, presidente da SBAC; e Bruno Oliva, diretor da ABBM.

O presidente do IEPAS, José Carlos Barbério, também participou, dando as boas vindas aos participantes. "Quero deixar registrados os anseios da FEHOESP, SINDHOSP e IEPAS de insistir nos programas de gestão na área. Neste ano, a programação deste nosso evento é audaciosa", destacou o presidente do Instituto.

Gestão de pessoas
Prosseguindo com a programação do congresso, a advogada e professora de Relações Trabalhistas da FGV, Denise Poiani Delboni, proferiu palestra sobre o novo momento da gestão de pessoas.

Começou estabelecendo um panorama do mercado. "A situação de mercado determina o tipo de contratação dentro das organizações", disse, lembrando que há muitas pessoas disponíveis, mas que isso não necessariamente representa qualidade.

A docente também falou sobre modelos de contratação, afirmando que hoje, para cada 20 empregados nas atividades essenciais, há 80 outros atuando em regime de terceirização. Essa é a tendência atual, no entanto, "o problema é terceirizar atividade principal". Os terceirizados, segundo ela, ganham de 20 a 30% menos que os contratados formalmente.

Entre as condições necessárias para que haja retenção de colaboradores, Delboni destacou a qualificação e a motivação. "Uma coisa não funciona sem a outra. Qualificação e motivação produzem resultado", disse. A especialista concluiu afirmando que "um bom clima motivacional faz com que haja grande retenção de colaboradores".

Mercado do idoso
O Congresso de Laboratórios ainda promoveu, na parte da manhã, uma mesa redonda para tratar de como os laboratórios podem se adaptar ao novo mercado do idoso.

Para isso, trouxe para coordenar a discussão Carlos Alberto Ballarati, ex-presidente da SBPC/ML, que expôs dados de envelhecimento populacional no país.

Em seguida palestrou Edith Wagner, gerente da Pro-Marketing Inteligência de Mercado, que continuou abastecendo a plateia com informações sobre envelhecimento. "Hoje temos nove pessoas para cada aposentado, e em 2050 serão quatro para cada", afirmou.

Também participaram da mesa redonda o médico geriatra José Antônio Esper Curiati e a diretora do Franceschi Medicina Diagnóstica, Laura Prado Franceschi.



Texto e fotos: Comunicação FEHOESP