Você está no site do SINDHOSPRU FEHOESP 360 Clique aqui para acessar o portal FEHOESP 360

Notícias

Saúde perde uma de suas maiores lideranças: Dante Montagnana

Saúde perde uma de suas maiores lideranças: Dante Montagnana

11/12/2012
Presidente da FEHOESP e SINDHOSP sofreu uma parada cardíaca na noite de 10 de dezembro, em São Paulo

O médico Dante Ancona Montagnana, que presidia a FEHOESP desde sua fundação e o SINDHOSP havia mais de 15 anos, faleceu aos 87 anos, no Hospital do Coração, capital paulista, na noite de 10 de dezembro, vítima de uma parada cardíaca.

O velório está sendo realizado no Funeral Home, localizado à Rua São Carlos do Pinhal, 376. O enterro acontece nesta terça-feira, 11 de dezembro, às 17h, no Cemitério da Consolação - Rua da Consolação, 1660, São Paulo.

Um dos maiores líderes do setor, Montagnana foi responsável pela criação do sistema sindical patronal da saúde no Estado de São Paulo. Também foi o idealizador da Federação dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (FEHOESP), ocupando a presidência da entidade desde a sua fundação, há nove anos. Com isso, o Estado de São Paulo passou a ter assento na Confederação Nacional de Saúde (CNS), participando diretamente das principais discussões do setor e negociações políticas na esfera federal.

À frente do Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (SINDHOSP), a entidade transformou-se no maior sindicato patronal da área da saúde na América Latina. Implantou medidas como a descentralização administrativa do sindicato, com suas nove regionais no Estado. Hoje, o SINDHOSP representa aproximadamente 34 mil empresas privadas de saúde em São Paulo.

Dante Montagnana era formado pela Faculdade de Medicina da USP na turma de 1951, e optou pela Anestesiologia como especialidade por influência de um de seus mestres. Montou o Pronto Socorro Nossa Senhora da Pompeia, com mais quatro sócios, e, anos mais tarde, um hospital com o mesmo nome, na região do ABC paulista. Tornou-se mestre em Administração Hospitalar, com grande interesse por políticas de saúde. Foi diretor da Associação Paulista de Medicina (APM) e mais tarde diretor e vice-presidente do SINDHOSP, até passar a ocupar a presidência da entidade. Dante Montagnana deixa quatro filhos e seis netos.


Fonte: Comunicação FEHOESP, com informações do SINDHOSP