Você está no site do SINDHOSP FEHOESP 360 Clique aqui para acessar o portal FEHOESP 360

Notícias

Oswaldo Cruz investe em novo hospital em SP

Oswaldo Cruz investe em novo hospital em SP

27/07/2016
O Hospital Alemão Oswaldo Cruz, um dos principais complexos hospitalares privados do país, dá continuidade ao seu plano expansão na capital paulista.
 
A instituição acaba de fechar contrato de locação com Fundação Zerrenner para operação da estrutura onde funcionou o Hospital Santa Helena, localizado no bairro da Liberdade, região central de São Paulo.
 
Com a locação do imóvel, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz irá disponibilizar uma nova unidade na cidade, cujo de projeto prevê investimentos de R$ 140 milhões nos próximos dois anos para reforma das instalações, aquisição de tecnologia de ponta e preparação do espaço para ser um hospital especializado em média e alta complexidade.
 
“O Hospital Alemão Oswaldo Cruz atende as faixas mais altas dos principais planos de saúde. Na nova unidade, vamos ampliar a nossa atuação para atender as necessidades do mercado”, explica Paulo Vasconcellos Bastian, superintendente executivo do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.
 
A unidade disponibilizará até 260 leitos, sendo 38 deles de UTI, além de 12 salas cirúrgicas, consultórios clínicos e Centro de Diagnósticos. O hospital terá capacidade para realizar 1.500 cirurgias por mês. A operação será iniciada gradualmente.
A partir do segundo ano de funcionamento, a unidade deve atingir faturamento de R$ 350 milhões/ano e deverá responder por cerca de 30% do faturamento da instituição quando estiver em plena operação.
 
A nova plataforma tem 25 mil m² de área construída e poderá empregar até 1.200 colaboradores nas áreas administrativas e assistenciais. A adequação da infraestrutura será ser iniciada no curto prazo. A abertura da unidade está prevista para o primeiro semestre de 2017.
 
Segundo o executivo, a expansão já integrava o planejamento do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, que com a nova unidade passará a contar com até 625 leitos em seu complexo hospitalar. “Estávamos em busca de uma oportunidade para a abertura de uma nova unidade, que nos dará ganho de escala, fundamental para garantirmos a perenidade e sustentabilidade da instituição no longo prazo”, explica Bastian.
 
Crescimento mesmo na crise
O Hospital Alemão Oswaldo Cruz vem registrando forte crescimento mesmo durante a crise econômica. O faturamento do hospital registrou expansão de 20% no primeiro semestre frente igual período do ano anterior.
 
Em 2015, o hospital registrou receita líquida de R$ 589,6 milhões. O superávit líquido (lucro líquido) foi de R$ 48,4 milhões, 61% superior ao ano anterior. O Ebitda, lucro antes de juros impostos, amortização e depreciações, alcançou a marca de R$ 81.353 milhões, valor 38% superior ao registrado em 2014.
 
“Mesmo num cenário de forte retração da economia, registramos melhoria nos indicadores econômicos da instituição frente a 2014 graças a um esforço constante de racionalização de custos e melhor aproveitamento da base instalada”, analisa Bastian.
 
Para este ano, o hospital projeta investimentos de R$ 90 milhões, além dos R$ 140 milhões que serão aplicados na implantação da nova unidade no bairro da Liberdade ao longo dos próximos dois anos.
 
O ano foi marcado também por fortes investimentos no aprimoramento de centros de especialidades, especialmente nas áreas de oncologia, obesidade e diabetes. No total, foram investidos R$ 40 milhões para modernização de instalações e aquisição de tecnologia de ponta. O valor integra o ciclo de investimentos de R$ 580 milhões iniciados em 2010 e inclui os investimentos na nova unidade.
 
Um dos destaques foi a aquisição de nova versão do Robô Da Vinci SI, equipamento de última geração que oferece a tecnologia Single Port, mecanismo que possibilita a realização de procedimentos minimamente invasivos, com uma única incisão.