Notícias

Quarto setor pode contribuir com o financiamento da saúde

Quarto setor pode contribuir com o financiamento da saúde

23/05/2019

O quarto setor da economia, também chamado de setor 2.5, uma categoria de empresas que são movidas por lucro, mas cujo business está relacionado ao desenvolvimento social e ambiental, pode contribuir com o financiamento da saúde pública.

Segundo um estudo de reformulação tributária e previdenciária, que visa colocar o benefício fiscal a favor e diretamente alocado ao serviço social da saúde, apresentado por Roseli Pereira da Silva, analista de Negócios do Hospital das Clínicas, no Talk HC, realizado na Hospitalar, na tarde desta quinta-feira (23), o quarto setor tem potencial deslocado equivalente a 10% do PIB e pode gerar a duplicação do financiamento da saúde no Brasil, elevando-o para o patamar de 19%.

“O quarto setor é um modelo que propõe transformação e melhoria social/ambiental de forma sustentável, principalmente porque não fica na dependência de doações e tem compromisso com gestão e eficiência operacional. Sua maior vantagem em relação às ONGs é que, justamente, por ser empresas, podem crescer e atrair investimento”, explicou a analista.

A proposta consiste em recolher o benefício filantrópico por faturamento direto ao SUS com recolhimento automático ao INSS. “Diante do cenário que vivemos no país, é necessária a mobilização dos hospitais privados no sentido de apresentar proposta de lei complementar em conjunto à reforma da Previdência Social com objetivo de aumentar os benefícios à saúde”, destacou Roseli Silva.

 

 

Por Fabiane de Sá