Notícias

Certificado Internacional de Vacina agora é digital

Certificado Internacional de Vacina agora é digital

01/02/2019

Um trabalho conjunto entre a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia trouxe uma importante mudança na emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP). Em vez de ir pessoalmente a algum posto da agência, agora o cidadão faz o processo digitalmente. 

Antes o procedimento consistia em receber a vacina em um posto de saúde, fazer cadastro no site da Anvisa e comparecer a um posto credenciado para a emissão do certificado. Agora, após receber a imunização, basta fazer o cadastro e a própria solicitação pelo site. Após análise e aprovação, o usuário recebe uma mensagem de aviso, imprime o cartão e assina. 

Mais de cem países exigem o Certificado Internacional de Vacinação do viajante, para comprovação em especial da imunização contra a febre amarela. Alguns países, como Estados Unidos, Reino Unido e Portugal, não fazem questão da apresentação do certificado. Em outros casos, como Austrália, Bahamas e Tailândia, não é permitida a entrada sem o documento, inclusive para uma simples conexão do cidadão que estiver só de passagem.

De acordo com a Anvisa, anualmente, são realizadas cerca de 730 mil solicitações do certificado e o Brasil é o primeiro país a oferecer um serviço online e gratuito de emissão de CIVP. 

 

Da Redação com informações Anvisa