Você está no site do IEPAS FEHOESP 360 Clique aqui para acessar o portal FEHOESP 360

Notícias

SINDHOSP e FEHOESP iniciam nova etapa do Projeto Bússola

SINDHOSP e FEHOESP iniciam nova etapa do Projeto Bússola

21/05/2014
Debater a segurança do paciente, procedimentos padrões e os possíveis riscos e erros médicos são algumas das vertentes do Projeto Bússola, idealizado pelo SINDHOSP e FEHOESP, que, com realização do Instituto de Ensino e Pesquisa na Área da Saúde (IEPAS), iniciam sua terceira etapa de capacitação e desenvolvimento para facilitar o processo de acreditação para clínicas médicas. Os primeiros seminários e treinamentos acontecem nos dias 16 e 17 maio para abordar as políticas de gestão e liderança.  
 
As avaliadoras daOrganização Nacional de Acreditação (ONA), Audrey Ripple e Thaiana Santiago, iniciaram os módulos relembrando aos gestores participantes os mais recentes casos de erros na segurança do paciente divulgados na mídia. “Vimos a pouco tempo diversos casos de repercussão nacional que nos fazem parar para pensar em como poderíamos ter atendido ao nosso paciente sem ter causado dano à sua saúde e também à imagem do hospital”, explicou Thaiana. “Foram diagnósticos errados, procedimentos mal feitos, decisões evasivas que poderiam ter sido controladas se pelo menos houvesse um entendimento entre paciente e médico. Entender o seu cliente é mais do que uma questão de segurança. É um demonstrativo de uma boa gestão de qualidade e atenção”, completou Audrey.
 
Segundo o diretor suplente do SINDHOSP e conselheiro fiscal suplente da FEHOESP, Marcelo Luís Gratão, o foco maior das clínicas deve ser a prevenção de incidentes. “As gestões hospitalares e clínicas são muito complexas porque, na maioria das vezes, envolvem procedimentos de alto risco. O que precisamos fazer é criar mecanismos de prevenção para que os possíveis erros não ocorram e, se ocorreram, causem o menor dano possível ao paciente e também à imagem do estabelecimento de saúde."
 
A terceira etapa do Projeto Bússola será divida em sete módulos e tem programação agendada até o fim de 2014. Ainda serão apresentados temas como gestão administrativa, cadeia de suprimentos e assistência farmacêutica, gestão da qualidade, atenção ao paciente, apoio técnico, diagnóstico e terapêutico e apoio logístico.