Você está no site do IEPAS FEHOESP 360 Clique aqui para acessar o portal FEHOESP 360

Notícias

Saúde precisa de novo modelo assistencial

Saúde precisa de novo modelo assistencial

27/03/2017

O último painel do primeiro dia do Fórum A Saúde do Brasil, realizado pelo jornal Folha de S. Paulo, abordou a remuneração por qualidade para profissionais de saúde.

José Augusto Ferreira, diretor de Provimento de Saúde da Unimed BH, explicou a mudança comportamental dos médicos, que justifica o modelo atual. "Há 30 anos atrás o médico era autônomo, liberal, o que facilitou o modelo de remuneração que temos hoje. Porém, atualmente ele quer segurança, vínculo, uma empresa que dê suporte à carreira".

Para isso, de acordo com Ferreira, é urgente a mudança no modelo de assistência na saúde, com políticas de assistência claras onde cada participante da cadeia diga o que pode oferecer.

Ana Maria Malik, professora da FGV, explicou que "é mais fácil falar do que fazer". Ela disse que "no Brasil, salvo raras exceções, não há remuneração por qualidade ou por desempenho".

Ela finalizou falando que no país a remuneração é praticada a partir da doença e não com foco em prevenção, como já é feito no exterior. "Quando estamos em debates como esse não dá pra torcer pela saúde pública ou pela saúde suplementar. Nosso dever é torcer pelo usuário do sistema".

 

Por Rebeca Salgado

Foto: Leandro Godoi