Sistemas público e privado de saúde necessitam de maior integração

Conclusão foi consenso entre participantes do módulo de Saúde Público-Privado

Compartilhar artigo

Conclusão foi consenso entre participantes do módulo de Saúde Público-Privado

Os sistemas de saúde público e privado precisam se integrar. Essa é a conclusão a que chegaram os participantes da primeira mesa do módulo de Saúde Público-Privado do 16º Congresso Latino-Americano de Serviços de Saúde.

Realizado na manhã do dia 25 de maio, e sob o tema “A Sustentabilidade da Saúde e a Interdependência dos Sistemas Público e Privado”, o coordenador Marcos Bosi Ferraz, diretor do CPES/Unifesp, moderou as discussões com os convidados Fausto Pereira dos Santos, assessor especial do Ministério da Saúde; Mauricio Ceschin, diretor presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS; e Jorge José Santos Pereira Solla, secretário estadual de Saúde da Bahia.

Segundo eles, é imperativo haver a integração como forma de organizar melhor o sistema nacional de saúde e otimizar os recursos, que já são escassos. Exemplos dados pelos participantes em pelo menos dois casos, os serviços de emergência e urgência e o sistema nacional de transplantes poderiam ser melhor utilizados e seus custos otimizados a partir de uma maior integração entre esses sistemas.

“Em muitos momentos essa discussão não está presente. É menosprezada porque atende a interesses, alguns de ordem ideológica, e em outros casos é preciso sair da zona de conforto”, opinou Fausto Pereira dos Santos.

Para Mauricio Ceschin, da ANS, “a obrigação dos dois sistemas é integrar recursos em prol de um objetivo único, que é melhorar a saúde da população. O papel da saúde suplementar nisso é evidente, não tem como fugir disso”.

Ao final do evento, a discussão foi aberta para os participantes fazerem suas colocações e perguntas aos integrantes do painel.

 

Fonte: FEHOESP

Artigos Relacionados...

Últimas Notícias

As mudanças climáticas e as ameaças à saúde

Os brasileiros ainda acompanham, atônitos, à tragédia das enchentes no Rio Grande do Sul (RS). Em meio ao caos, movimentos de solidariedade se espalham pelo

Curta nossa página

Mais recentes

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

Prometemos nunca enviar spam.

Há 20 anos somos a entidade representativa dos estabelecimentos privados de saúde de São Paulo em âmbito nacional

plugins premium WordPress
Scroll to Top