Mamógrafos terão qualidade aferida

Ministro da Saúde diz que consulta pública sobre regulamentação ficará aberta durante 20 dias Os mamógrafos do País terão de pas

Compartilhar artigo

Ministro da Saúde diz que consulta pública sobre regulamentação ficará aberta durante 20 dias

Os mamógrafos do País terão de passar por controle de qualidade. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, afirmou que uma regulamentação sobre o assunto deverá ficar aberta em consulta pública por 20 dias. “Atualmente, esse controle não é feito”, disse.

O texto com as novas regras foi preparado por um comitê de especialistas e por representantes dos conselhos de secretários estaduais e municipais de Saúde. As novas regras integram um pacote de medidas que o governo estuda para melhorar o acesso a serviços de diagnóstico.

Auditoria feita neste ano revelou que 15% dos mamógrafos do Sistema Único de Saúde estavam sem uso. Dos equipamentos em funcionamento, 44% estavam concentrados no Sudeste. Dos 1.514 aparelhos existentes, 419 estavam quebrados, atuando com baixa produtividade ou com defeitos.

O diagnóstico precoce do câncer de mama é considerado essencial para o sucesso do tratamento. A recomendação é de que mulheres a partir dos 50 anos realizem o exame a cada dois anos. Algo difícil de ser atendido por todas as mulheres que recorrem ao sistema público de saúde.

Letalidade – O câncer de mama é o segundo em incidência entre mulheres. As taxas de mortalidade são elevadas: 40% – um porcentual atribuído principalmente ao diagnóstico tardio da doença no País. “Temos muito o que melhorar”, afirmou Padilha.

Para facilitar o acesso das mulheres a exames, o governo está orientando Estados a melhorar os serviços de manutenção dos aparelhos. “Esse trabalho tem de ser permanente”, disse o ministro.

O governo também quer incentivar cursos de capacitação de técnicos – que, segundo o ministro, são parte importante na qualidade do resultado do exame. “Quando a paciente não é posicionada de forma adequada, a nitidez do exame é prejudicada”, ressaltou Padilha.

Fonte: O Estado de S. Paulo

Artigos Relacionados...

Curta nossa página

Mais recentes

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter

Prometemos nunca enviar spam.

Há 20 anos somos a entidade representativa dos estabelecimentos privados de saúde de São Paulo em âmbito nacional

plugins premium WordPress
Scroll to Top