Até 60% do lixo hospitalar é descartado irregularmente

Cerca de 60% dos resíduos de saúde gerados em hospitais do Brasil são descartados de maneira irregular, segundo a Associação Brasileira de empresas de Limpeza Pública.

Ao invés de serem destinados a uma seleção especial, os dejetos muitas vezes acabam parando nos lixões normais, pondo em risco a saúde pública. As informações são do Fantástico.

Expostos sem a separação e a destinação necessárias, os dejetos hospitalares põem em risco não apenas os catadores de lixo, mas também possibilitam que doenças sejam transmitidas por meio de insetos e animais domésticos.

Casos irregulares encontrados pela produção do programa estão localizados em regiões tidas como de ponta, como o Hospital de São Paulo.

Fonte: Jornal do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

um × quatro =

Há 20 anos representamos hospitais, clínicas, laboratórios e outros estabelecimentos do setor privado de Saúde no Estado de São Paulo

SINDICATOS

Rolar para cima