Você está no site do SINDHOSP. FEHOESP 360 Clique aqui para acessar o portal FEHOESP 360

Notícias

Investimento em pessoas gera resultados eficazes

Investimento em pessoas gera resultados eficazes

17/05/2017

Cuidar das suas equipes e dar atenção ao que elas fazem é uma atribuição de gestões de pessoas e essa atividade tem forte impacto no resultado financeiro final das clínicas. Essa discussão veio à tona durante o módulo "Formar equipes é mais do que juntar pessoas" do 12º Congresso Brasileiro de Gestão de Clínicas, realizado pelo IEPAS em São Paulo nesta quarta-feira (17).

Sob coordenação de Marizilda Angioni, gerente de Gestão de Pessoas da FEHOESP, e de Angelina Francisco, gerente administrativa da Crya Medicina Diagnóstica, os debatedores mostraram a importância do planejamento estratégico e da comunicação na gestão de pessoas. "Entender o cenário onde se está inserido e definir onde deseja chegar são os primeiros passos para fortalecer a gestão. Se a companhia não pode estabelecer uma política competitiva de remuneração, por exemplo, ela pode se planejar para oferecer bons treinamentos e melhorar o clima organizacional, envolvendo a alta gestão. O resultado, invariavelmente, é um bom resultado financeiro e maior envolvimento das funcionários com as causas da empresa", ressaltou Ricardo Fedrizzi, gestor de pessoas da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba.

Muitos são os desafios das empresas de saúde no cuidado com seu capital humano: da seleção de pessoas, passando pela integração de novos colaboradores e os cuidados para formar bons profissionais e retê-los. "Como gestores, os desafios são constantes, pois embora tenham formação técnica, os líderes também precisam transitar entre outros saberes e estudar gestão e tudo o mais que for necessário. Além de fundamental para a administração dos talentos, é uma exigência de mercado", afirma Rubia Spindola, gerente executiva de recursos humanos do Grupo Hermes Pardini.

Esses desafios podem se impor a qualquer momento, mas são mais visíveis quando há mudanças nas empresas. Ao introduzir mudanças na direção da Clínica Megamed, os gestores da empresa logo perceberam a apreensão dos funcionários. "Agimos para minimizar problemas revendo a missão, a visão e os valores da empresa, revisamos processos e tratamos os recursos humanos como investimento. Para isso, não diminuímos o número de pessoas, mas contratamos profissionais de acordo com as políticas definidas e sentimos as mudanças tanto entre os clientes internos, quanto nos internos", afirma Vânia Cardoso, diretora geral da empresa. "Ao pensar nas pessoas, obtivemos resultados no nosso faturamento", concluiu ela.

 


Por Eleni Trindade
Foto: Dule Oliveira