Notícias

Traduzindo os números na contabilidade

Traduzindo os números na contabilidade

23/08/2018

Com o avanço da tecnologia, a integração dos sistemas de arrecadação e controles fiscais e a implantação do SPED, os contadores correm contra o tempo para cumprir todas as obrigações fiscais e de escrituração e ainda devolver ao cliente informações relevantes ao seu negócio.

Sim, uma das principais funções da contabilidade é produzir informações que sirvam para que o empresário tome decisões e, para que isto aconteça, a agilidade e precisão são imprescindíveis.

As demonstrações contábeis devem contribuir com uma visão de como caminha a empresa, quais foram as receitas e despesas de um período, se houve déficit ou superávit, o quanto o patrimônio foi afetado pelo resultado e por qual motivo. 

Cabe ao contador explicar ao cliente o que os números representam e “traduzí-los” de forma que eles sirvam para ajudar na gestão. Os números devem ser úteis, e o contador, um consultor que valoriza o seu trabalho interpretando e explicando os dados financeiros e contábeis ao cliente - que poderá usar, com mais subsídios, os recursos da empresa.

Para que a contabilidade propicie uma melhor compreensão dos fatos ocorridos na empresa em determinado período, o contador deve estudar formas de evidenciar as informações contidas nos relatórios contábeis e deixá-las claras e objetivas para apoiar os processos decisórios.

“A prosperidade das empresas está nas mãos dos administradores assessorados pelos contadores que conhecem sob que condições a riqueza se torna próspera. É isso que faz da contabilidade uma ciência!” (Lopes de Sá)

 

Por Denise Macedo Bezerra, gerente de Controladoria FEHOESP/SINDHOSP/IEPAS