Notícias

Novas tecnologias: o que vem por aí? 

Novas tecnologias: o que vem por aí? 

23/05/2018

De fato a tecnologia vem mudando o modo como vemos o mundo e, na área da saúde não poderia ser diferente. Durante o 12º Congresso Brasileiro de Gestão em Laboratórios, muito se discutiu sobre o futuro da área laboratorial diante tantas inovações. 

Contextualizando com a história de Ned Ludd e o conceito de Ludismo que aborda a substituição da mão de obra por máquinas, Pedro Alvarez, diretor comercial da Z Life Care, afirmou que a capacidade de processamento de dados atual já tem sido maior do que a capacidade de armazenamento de informações. "Por este motivo o pensamento digital é mais do que urgente. A evolução tem acontecido de modo exponencial e até 2050 os computadores serão capazes de pensar como um cérebro humano", explicou.

Para Alvarez, a tecnologia vem revolucionando a história da humanidade. "Antigamente, para que 50 milhões de pessoas usassem a aviação demorou, em média 50 anos; depois, 46 anos para usar a eletricidade, enquanto o uso da internet foi propagado em apenas 7 anos e o uso do Twitter apenas em 2. Na saúde a tecnologia gera aumento de prdutividade. Em 1970 uma máquina demorava cerca de 15 minutos para fazer scanner de um cérebro humano, hoje demora-se milésimos de segundos".

De mesma opinião, Fernando Cembranelli, CEO da Health Innova Hub, acredita que os laboratórios devem se adaptar aos negócios e se preparar para automatizar seus serviços, trabalhando em um ambiente totalmente digital. "Sai na frente e ganhando quem está disposto e sabe como evoluir. A clínica do futuro não é a que tem o espaço mais bonito, mas sim aquela que transformará seus processos com meios digitais". 

 

Por Rebeca Salgado
FOTO: Leandro Godoi

Galeria de Fotos